"Counseling" ou Aconselhamento Pessoal e de Carreira

O "Counseling" (ou "Counselling") é muito difundido nos Estados Unidos e poderia ser confundido com uma mentoria no Brasil, porém conceitualmente não se trata exatamente disto.

No caso do trabalho realizado por nós, é um processo terapêutico que tem como intuito resolver, de forma rápida e pontual, problemas que o aflijam, sejam eles resultados de traumas de infância ou atuais, como, por exemplo, um problema no âmbito profissional, onde você esteja tendo um relacionamento conturbado com um superior imediato ou outro colega qualquer.

 

Usamos técnicas como a Gestalt e a Transpessoal, que são linhas que vão além das tradicionais e/ou psicanalíticas, como a Junguiana, Freudiana ou Lacaniana, dentre diversas.

 

 

 

  • SAIR DA SITUAÇÃO DE ANGÚSTIA OU IMPOTÊNCIA.

 

  • Libertar-se de problemas pontuais (oriundos ou não do passado) e ter uma nova visão, mais ampla, sobre as possíveis saídas.

 

  • Viver o PRESENTE, com o maior grau de qualidade de vida possível no momento.

 

OBS: NÃO HÁ QUALQUER CONOTAÇÃO RELIGIOSA NAS TÉCNICAS E NO TRATAMENTO

    

1) Para quem o trabalho é indicado?

 

Para qualquer um que se encontra angustiado, preso ou incomodado com alguma situação ou questões conflitantes, como:

 

  • Problemas em relacionamentos: casamentos, relações familiares, conflitos com colegas, trabalho, ...

  • Depressão, Tristeza ou Angústia

  • Ansiedade

  • Assuntos inacabados: separações, falências, perda de emprego ou demissões, ...

  • Problemas de Sexualidade: falta de libido, desejo, "velha rotina cotidiana", ...

  • Fobias, Medos limitantes, Timidez em excesso

  • Sensação de "INADEQUAÇÃO"

  • Outros incômodos que limitem o SER de ter mais qualidade de vida e ser mais feliz

  • Transtornos Bipolares e Síndromes diversas (como PÂNICO) *

 

* OBS: Para transtornos e síndromes já diagnosticadas clinicamente (quadros avaliados como depressão crônica, síndromes já manifestadas como o pânico, transtorno bipolar e outras), a  parte terapêutica NÃO exclui a parte psiquiátrica e medicamental e deve, obrigatoriamente, ser integrada ao processo de cura. Não há intervenção alguma por parte do profissional nas medicações e tratamentos utilizados pelo cliente.

 

 2) A cura está dentro ou fora? Me sinto tão impotente!!!

 

A crença básica é que os conflitos estão no mundo exterior e como não é possível mudar este cenário, instala-se uma sensação de impotência, angústia e até mesmo um quadro depressivo, além de outras doenças físicas. Na verdade, o conflito se encontra apenas no interior.

É esta mudança interna que provoca toda a modificação externa. A forma como a pessoa se vê reflete sua relação com o mundo externo. Trabalhos direcionados alteram crenças limitantes e atitudes negativas e prejudiciais, sempre no tempo do cliente.

 

 3) Quais são as técnicas envolvidas?

 

  • Aumento da percepção de si mesmo

  • Estudos de Sonhos

  • Técnicas cognitivas

  • Visão Global (Metafísica) da situação: este olhar metafísico faz com que o problema possa ser analisado de um outro ângulo, muito mais amplo e irrestrito, aumentando a percepção e consciência das alternativas a serem tomadas para se sair do problema.

  • "Counseling" ou Aconselhamento

 

"QUANDO A BOCA CALA, O CORPO FALA.

 

QUANDO A BOCA FALA, O CORPO SARA"

 

OBS:

 

O "Counsellor" não é um mentor (serviço de "Mentoring") nem tão pouco um "Coaching".

 

Basicamente, em linhas MUITO CURTAS E GERAIS:

 

  1. "Coaching": auxilia a estruturar organizações (pessoas físicas ou jurídicas) e otimizarem um campo específico, negócio ou processo. O "Coach" irá questionar o cliente, mas não há necessidade de que ele seja um expert no ramo do cliente, muito pelo contrário, o cliente é que será o especialista em sua própria área e responderá a todos os questionamentos. Através de técnicas e ferramentas, o "Coach" auxilia o cliente a chegar às suas metas.                                                 

  2. Mentoria (ou um Mentor, ou mesmo "Mentoring"): implica em uma pessoa ou prestador de serviços que tem a experiência e bagagem que o cliente precisa, ou seja, o Mentor serve como um guia por já ter passado pelo processo e aprendizado do cliente.                                                                                         

  3. "Counsellor": não precisa ter, necessariamente passado pelos processos alheios, como o Mentor, mas precisa conhecer a fundo as dinâmicas e particularidades do ser humano, pois seu público praticamente não tem respostas e sim perguntas e mais perguntas...                                                    

Para complementar, não é um processo idêntico ao oferecido por um Psicólogo, pois aqui os métodos utilizados incluem o desbloqueio das couraças corporais através de exercícios de respiração, percepção de si através do corpo e técnicas orientais (como a meditação).

 

Para que serve